domingo, 14 de maio de 2017

A legitimação da ganância

Tenha a absoluta certeza. O golpe ocorrido em 2016 e que acabou com a democracia teve como principal motor a ganância dos homens mais ricos instalados no país. Se achando mais do que os outros e no direito de mandar até na política brasileira, inventaram que seus opositores eram "corruptos" através de uma bem sucedida campanha publicitária, para poder colocar os representantes deles no poder e resultar nesta imoralidade que vemos hoje.

Se queriam um resumo sobre como foi o golpe, acabei de dar uma boa descrição. O que deve se observar é que o que houve foi uma ação dos gananciosos na defesa do "direito" de ser melhor que os outros e portanto ter mais do que os outros. 

Com aquela falácia de "trabalhei para isso", tentam convencer a população de mal informados de que é legítimo para certas pessoas ter mais que os outros. Mas todos esquecem que os homens mais ricos do país enriqueceram não por trabalho, mas por herança, por aplicações em bolsas de valores e, infelizmente em vários casos, por corrupção. Até porque trabalho suado dá dinheiro, mas não gera gigantescas fortunas.

Os defensores dos sistemas de direita e conservadores em geral, pelo jeito, não consideram a ganância um defeito. Talvez achem que certas pessoas tem direito de serem gananciosas e de se intrometer em tudo. É triste saber que um grave defeito, altamente danoso, é legitimado e tratado como uma prerrogativa de uma determinada classe social.

Considero a legitimação da ganância, assim como a necessidade da existência de armas, uma prova de que ainda somos bem primitivos. Os que pensam viver numa sociedade avançada e com grandes mudanças, certamente não vive num mundo real. Vejo muitos dos instintos animais não somente na personalidade das pessoas, mas em importantes pontos incluídos no senso comum. A ganância é um destes instintos.

Nunca foi tão bom sermos egoístas como agora. Ainda temos que aprender a viver na coletividade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.