quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Uma estoria comovente para ler, se emocionar e refletir

Vivemos em uma época de ódio e desconfiança. As crises que são causadas pelo cada vez mais irresponsável Capitalismo tem tornando escassos muito bens essenciais. Na disputa por eles, acabamos desenvolvendo desconfiança e inimizade. Está cada vez mais difícil amar os outros.

Mas há quem ame de verdade e não se conforme com esta onda de ódio. Eu mesmo pensava que no século XXI estaríamos mais capazes não somente a pensar mas a amar também. Poucos sabem, mas o verdadeiro amor vem da razão. Compreendendo melhor a essência humana e seus problemas, somos capazes de sentir afeto e de atos altruísticos, feitos com mais eficiência.

Estava visitando o site de curiosidades Mini Lua e me deparei com esta sensível tirinha que tem uma meiga jovem como protagonista. Me identifiquei com ela pois passei pela situação narrada, infelizmente mais de uma vez. Vocês devem estar imaginando que o meu balão em forma de coração está mais do que surrado e remendado.

Leiam a estorinha sensível que me comoveu profundamente e me comove toda vez que leio. Em tempos de ódio, desprezo e relações por interesse, a situação narrada se torna mais comum nas vidas das pessoas realmente sensíveis, capazes de entender que a felicidade é algo para ser compartilhado, do contrário que muita gente (sobretudo os que seguem ideologias de direita) vive a defender.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.