terça-feira, 23 de agosto de 2016

Escola sem Partido: a extinção de Educação

Se não bastasse os muitos direitos que serão cortados pelo governo Temer para agradar às elites que controlam o país, ainda poderemos ter a nociva degradação da educação conhecida com o hipócrita nome de Escola sem Partido. Para quem não sebe, um método de ensino com características medievais que pretende eliminar a intelectualidade do sistema de ensino, trocando por doutrinação política retrógrada somada a proselitismo religioso de orientação cristã.

De fato, a Escola sem Partido (que na verdade tem partido sim: seus criadores e difusores são membros de partidos de direita ligados a seitas evangélicas) representa a extinção da educação. A partir de sua implantação, professores não poderão mais ensinar, se limitando a transferir informações cruas que não devem ser debatidas. E essas informações não podem ir contra as convicções pessoais de setores mais conservadores, incluindo os criadores das mesmas.

Apesar de medieval, a Escola sem Partido irá lançar mão da tecnologia para vigiar professores para que eles não desobedeçam as "orientações" deste sistema. Professores que tentarem estimular o intelecto dos alunos serão "convidados" a "conversar" com diretores e poderão ser demitidos ou nos piores casos, presos ou torturados. Para os conservadores vale tudo ara manter seus interesses intactos.

A intenção é estimular um clima de submissa entre os alunos, um respeito as hierarquias e ao modo de pensar conservador. Criar uma sociedade preconceituosa e que impeça que "minorias" sejam impedidas de ter direitos por não se enquadrarem aos preconceitos cristãos-capitalistas. Um sistema social que legitima as injustiças e as desigualdades sócio-econômicas.

Além de estimular a criação de uma sociedade preconceituosa e de mentalidade arcaica, a Escola sem Partido elimina a essência da verdadeira educação. A educação deve estimular o desenvolvimento intelectual e a análise dos fatos. A Escola sem Partido faz exatamente o oposto, fazendo com que a sociedade brasileira, que já é tradicionalmente avessa a racionalidade, seja ainda mais ignorante do que já é. Ao invés de eliminarmos a ignorância tradicional, a aumentaremos, talvez a ponto da quase irracionalidade.

Isso é extremamente grave, pois estamos em um século que futurólogos do passado afirmaram ser uma era de evolução. A Escola sem Partido é um desserviço à sociedade e poderá gerar graves danos que serã muito difíceis de ser consertados. Façamos tudo para que a Escola sem Partido nunca seja posta em prática. Com a Escola sem Partido, será o fim da humanidade como conhecemos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.