terça-feira, 19 de julho de 2016

Sociedade cria estereótipo para criminosos que pode prejudicar reputação de pessoas introvertidas

Toda vez que acontece algum tipo de atentado cometido por indivíduos (os cometidos por grupos não enfatizam isso) a sociedade, com a ajuda da mídia, sempre enfatiza o fato de que terroristas ou homicidas são pessoas solitárias, tímidas, com poucos amigos e gostos estranhos. Mesmo que isso não seja verdadeiro.

Há um estereótipo de que pessoas solitárias e introvertidas sejam cruéis. A sociedade acredita que pessoas com dificuldade de sociabilização podem se rebelar contra a sociedade que os excluiu ou com os problemas que possui em seu cotidiano graças a dificuldade de se relacionar com os outros.

Isso não é verdade, pois além de existirem criminosos simpáticos, extrovertidos e cheios de amigos, há pessoas solitárias de  boa índole e mente equilibrada que por algum motivo (em geral gostos e convicções) tem dificuldade de sociabilizar, mas sem querer fazer mal a uma formiguinha.

Eu mesmo sou uma pessoa meio fechada. Tenho gostos e convicções diferentes da maioria e como vivemos em tempos de ódio (sobretudo por causa da onda direitista em que vivemos - ideais de direita costumam ser anti-humanos, preferindo preservar patrimônios, valores e instituições), me tornei uma pessoa desconfiada. Mais fácil os outros me prejudicarem do que eu prejudicar os outros.

Por outro lado há criminosos socialmente estabilizados. O desejo de cometer crimes não tem a ver com o objetivo de destruir a sociedade e sim para a satisfação de interesses particulares. A intenção de muitos criminosos é eliminar quem atrapalha seus interesses e normalmente não costumam prejudicar os que não atrapalham, principalmente os de seu círculo social.

Tenhamos cuidado em não criar estereótipos. Observemos as circunstâncias e usemos o bom senso para que não punamos inocentes e libertemos culpados. Estereótipos são marcas que não raramente correspondem a falsos conceitos. Estejamos atentos a eles!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.