domingo, 11 de janeiro de 2015

Isso não aconteceria se as pessoas se amassem!

ESPREMENDO A LARANJA: Este texto abaixo fui eu mesmo que escrevi, revoltado com a triste chacina ocorrida na sede do jornal humorístico francês Charlie Hebdo. Este triste episódio que matou 12 pessoas entre elas, os 4 cartunistas mais famosos da França, me inspirou a escrever este curto, mas sensível texto que foi elogiado e compartilhado por amigos no Facebook.

E como disse um deles: "Marcelo você disse tudo!", nem preciso falar sobre ele. Leiam e sintam.


Isso não aconteceria se as pessoas se amassem!

Marcelo Pereira - Facebook

Este ataque infeliz a cartunistas que foi o assunto do dia não pode ser aceito! Esse episódio serve de alerta para que eliminemos todo sentimento de intolerância.

Noto que no Brasil estamos desaprendendo a amar seres humanos. Amamos animais, amamos santos, amamos hobbies e amamos times de futebol, mas não amamos mais pessoas. Isso fortace cada vez mais uma onda de intolerância que cresce a cada dia nas redes sociais brasileiras, sobretudo por parte dos seguidores dos ideais de direita.

Sempre procurei estimular o amor e o respeito entre os seres humanos. Mesmo que alguém erre, nada justifica atos de intolerância e até de violência contra quem não pensa como nós.

Reflitamos e o conselho que dou aos intolerantes de todos os tipos: elimine o ódio de seus corações. Tenho absoluta certeza que o sentimento de ódio foi o verdadeiro culpado pelo assassinato desses grandes cartunistas. Aliás, o ódio tem sido o principal culpado de tudo de ruim que está aí.

Vamos aprender a amar seres humanos. Nunca é tarde para aprendermos a amar os outros!