quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Neste Natal, pensemos nos solitários

Para muitas pessoas (felizmente não para mim - todo ano passo os festejos com familiares), o Natal é uma época solitária. Famílias e amigos se reúnem diante de uma ceia para festejarem os rituais natalícios e quem mora sozinho ou tem pouco contato com amigos e parentes que moram longe. E também temos hospitalizados, indigentes, entre outras pessoas que estão isoladas por diversos motivos e que nesta época sentem bem mais tristeza do que a alegria que seria adequada a época.

É muito triste para qualquer um se sentir sozinho - tanto é que a maioria dos brasileiros se submete às regras sociais impostas pelos costumes e pela mídia, justamente para não perderem o acesso à amizades - já que o ser humano é um ser social. E muitos dos benefícios que obtemos, em destaque emprego e namoros, são concedidos por outras pessoas.

Pensemos nesta noite naqueles que estão solitários, sem visitas, sem alguma demonstração de carinho. Para estes, um presente de Natal nada mais é do que um a demonstração sincera de afeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.