quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Racismo é bem pior do que se imagina

Tive a feliz oportunidade de ler um livro que recomendo a todos que querem saber realmente como o racismo é um erro, pior do que se imagina. O livro é O que é Racismo, da série Primeiros Passos de autoria de Joel Rufino dos Santos. Em resumo, ele revela que a origem do racismo está na necessidade da sociedade competitiva de se criar um "defeito" para tentar diminuir concorrentes nos momentos de disputa em épocas de grande competitividade.

O racismo, para mim é uma inutilidade deplorável, um sistema baseado na ignorância e na falta de respeito ao ser humano. Como pode uma mera cor de pele separar tanta gente boa? Como alguém de pele escura, com tantas qualidades (incluindo a própria pele, já que esta é mais resistente ao sol que a pele clara), pode sofrer por causa de um detalhinho. Que grande diferença um homem negro com um homem branco? São seres humanos do mesmo jeito!

Cientistas sensatos descobriram recentemente que o conceito de raça é um equívoco. O ser humano não se divide por raças. Para se considerar uma raça, tem que haver uma série de particularidades biológicas que não existem na espécie humana. 

Além disso, existe genótipo (o código genético contido nos cromossomos) e fenótipo (características externas resultantes do código genético). Um indivíduo considerado branco pode carregar em si um código genético referente a um negro e vice-versa. Ou seja, não dá para classificar. A confusão é tanta, que nos Estados Unidos não existe o conceito de mulato. Negro para eles é qualquer descendente de negro, seja de que cor tiver.

Por essas e outras, eu prefiro considerar a cor como mero detalhe e considerar a verdadeira "raça": a raça humana. Devemos acabar com esse preconceito idiota e valorizar nossos amigos torradinhos que são tão bons quanto todos nós e nos trazem grandes lições de vida, além de enriquecerem - e muito - a nossa cultura. Um mundo colorido é muito mais bonito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.