quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Para a sociedade, ser simpático significa ser divertido

Já repararam que os brasileiros não valorizam o caráter? Para a maioria de nossa sociedade, pessoa agradável que possa ser considerada simpática deve ser divertida. E em muitos casos isso já basta. 

Um conceito errado que a sociedade estipulou, que subestima a personalidade das pessoas na hora de estabelecer relações de convívio. Uma pessoa que seja bondosa, sensata, mas não seja muito brincalhona, é considerada antipática e é frequentemente afastada desse convívio. Enquanto outra de caráter duvidoso, com capacidade latente de gerar danos aos outros, pode ser facilmente aceita simplesmente pela facilidade em fazer os outros sorrirem.

Além de ser uma injustiça, onde o portador da melhor personalidade é rejeitado, cria-se o risco de surgir uma oportunidade para que o "simpático" mostre as suas verdadeiras intenções, causando danos ao grupo, mesmo que a longo prazo. Muitos casos de traição surgem desse modo.

A sociedade precisa rever seus valores e saber que o caráter é mais importante que a descontração. Mas até nisso o interesse da coletividade não está perdido! Aquele cara fechado que é legal pode se tornar um cara descontraído, se ele encontrar empatia n grupo onde ele se inserir. Ou seja, aceitar alguém que não é muito solto pode ajudar a soltá-lo, causando benefício a todo o grupo, inclusive no cara que outrora era considerado "antipático".

Então, que tal valorizarmos mais as pessoas pelo caráter. Humor é algo que pode ser adquirido com as circunstâncias e com o entrosamento mútuo. Quando aparecer aquele cara meio fechado, mas que parece legal, aceite-o. Ele pode até não gerar boas risadas no início, mas na melhora das horas todos poderão sorrir juntos, se a aceitação for feita.

Enquanto aquele risadinha meio suspeito pode chorar ao ver que seu talento de showman não conseguiu enganar ao grupo pretendido. Ensimesmado, deixará de ser a alegre hiena que conquistava a todos para satisfazer seus interesses mais mesquinhos. O show de humor acabará para este.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.