terça-feira, 19 de novembro de 2013

Secadores automáticos de mão podem aumentar nº de bácterias

ESPREMENDO A LARANJA: Nunca confiei nesses tipos de secador, que não seca nada e ainda polui, sujando mais ainda a mão quer acabou de ser lavada. As toalhas descartáveis de papel ainda são a melhor opção, por ser mais higiênica.

O texto abaixo, extraído do portal Terra, tem algum tempinho, mas a descoberta vale até hoje, já que ainda se utiliza o tipo de secador mencionado na pesquisa.

Secadores automáticos de mão podem aumentar nº de bácterias

21 de setembro de 2010 • 11h59 - Portal Terra

Estudo da Universidade de Bradford, Reino Unido, aponta que secadores automáticos de mão, utilizados em banheiros públicos, aumentam o número de bactérias nas mãos quando a pessoa as esfrega. O certo é apenas deixá-las paradas. As informações são do site da revista New Scientist.

A experiência que detectou o fato foi realizada por Anna Snelling, professora da universidade. Ela pediu que 14 voluntários secassem suas mãos por 15 segundos usando três tipos diferentes de secadores automáticos. Em alguns casos, o voluntário deveria esfregar as mãos e em outros não.

Quando os voluntários ficaram com as mãos paradas, as bactérias de pele foram reduzidas em 37% em comparação com o momento em que elas acabaram de ser lavadas. Já quando as pessoas esfregaram as mãos no secador, o aumento de bactérias foi de 18%. Papéis toalha são os mais eficientes, pois raspam as bactérias da pele quando usadas para enxugar.